Conheçam nosso novo site.

Conheçam nosso novo site.
O NOSSO BLOG AGORA VIROU UM PORTAL DE NOTICIAS. ----------------------Aqui ficaram arquivadas as matérias antigas do Blog, se você quiser acompanhar as novas matérias do novo portal “Plantão JTI” clique na imagem acima ou é só acessar o novo site através deste endereço www.plantaojti.com.br

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Pai é suspeito de abusar sexualmente de filha de 13 anos em Posse, Goiás

Garota viveu com o pai por 15 meses, depois que ele conseguiu a guarda.
Mãe tirou a filha de casa; suposto agressor estaria ameaçando as duas.

Uma adolescente de 13 anos denunciou o pai por abuso sexual. A menor é filha de pais separados e viveu com o pai nos últimos 15 meses, depois que ele obteve a sua guarda na cidade de Posse, a 834 km de Jataí, no nordeste goiano.
“Quando eu falava que ia gritar, ele colocava o travesseiro na minha cara, me sufocava. Falava que eu ia morrer sufocada”, contou.

Segundo a vítima, a madrasta que também morava na mesma casa sabia das agressões, mas era ameaçada de morte caso fizessem alguma denúncia. “Ela tinha medo porque ela também apanhava dele. A surra que ele dava nela era pior do que a surra que ele dava em mim”, explicou.


Com medo de ser denunciado, o susposto agressor teria proibido a garota de ter amizades e falar com a família. A vítima só mantinha contato com a mãe e a avó pelo telefone. A mãe conta que nas conversas por telefone, quando perguntava se estava tudo bem, a filha se limitava a responder que estava.
“A gente sentia que tinha alguém perto dela e às vezes ela desligava o telefone na cara da gente”, contou a mãe da menor.
Em maio deste ano, com um celular, a menina enviou uma mensagem para a mãe dizendo que precisava voltar a morar com ela. No texto ainda disse que depois explicaria tudo. Preocupada, a mãe procurou o colégio onde a filha esta matriculada. Lá, os professores mostraram o boletim da aluna. Todas as notas estavam baixas.
“Eu já tinha recebido telefonema anônimo falando o que estava acontecendo com ela. Sempre tinham pessoas que ligavam no meu celular, com número restrito, e sempre comentava o que estava acontecendo com ela”, afirmou a mãe da garota.
No mesmo dia, o Conselho Tutelar foi acionado e o caso foi registrado na polícia. Um exame de corpo de delito confirmou os abusos sexuais e as agressões. Mãe e filha ainda estão assustadas, pois afirmam continuar sofrendo ameaças.
“As pessoas mandam matar os outros. Às vezes, ele não mata, mas manda outra pessoa fazer por ele. A gente tem esse medo”, disse a mãe.
“Eu queria voltar a morar com a minha mãe igual eu morava antes, estudar, ter meus amigos e ser feliz”, revelou a vítima.
 
Fonte/ Do G1 GO, 
com informações da TV Anhanguera
Adaptações/Saulo Prado

Um comentário:

  1. manda esse cafageste pra cadeia gente ,poem ele pra se fantaziar de mulher i faz com ele o que ele gosta de fazer,os presos gostam de pessoas que fazem mal com as crianças e adolecentes, ai ele vai ver o que e bom, seu filho da mae,voce nao e PAI nao ; VOCE TEM E QUE MORRER NA CADEIA, SEU MOSTRO....

    ResponderExcluir

Buscado cada vez mais interatividade com os seus leitores; o “Plantão de Policia JTI” agora disponibiliza duas caixas de comentários, a caixa especifica do site, e também a caixa de comentário do Facebook.

“NÃO MAIS SERÃO ACEITOS OS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS OFENSIVOS A TERCEIROS NO PLANTÃO DE POLICIA JTI “

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers