Conheçam nosso novo site.

Conheçam nosso novo site.
O NOSSO BLOG AGORA VIROU UM PORTAL DE NOTICIAS. ----------------------Aqui ficaram arquivadas as matérias antigas do Blog, se você quiser acompanhar as novas matérias do novo portal “Plantão JTI” clique na imagem acima ou é só acessar o novo site através deste endereço www.plantaojti.com.br

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Padrasto é preso suspeito de torturar e estuprar dois enteados, em Goiás

Crianças de 5 e 6 anos levavam choque na região genital, diz delegada.
Um dos meninos foi estuprado e o outro teve um agulha enfiada no joelho.

Delegada Myrian Vidal, de Aparecida de Goiânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Para delegada Myrian Vidal, mãe dos meninos foi
negligente (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Um homem de 27 anos foi preso, na manhã desta quinta-feira (26), suspeito de torturar os enteados, de 5 e 6 anos, e estuprar um deles, em Aparecida de Goiânia. Segundo a delegada Myrian Vidal, da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai), os meninos sofriam castigos como choque nos testículos e queimaduras de cigarro pelo corpo. Um deles teve uma agulhada introduzida no joelho.
De acordo com a delegada, as crianças relataram que o padrasto colocava um fio na tomada e dava choque nas partes genitais quando eles não cumpriam os deveres escolares corretamente ou fazia algo que o desagradava. O irmão mais velho conta que o homem apagava o cigarro no corpo do garoto. Os abusos teriam começado há cerca de seis meses.
Exames do Instituto Médico Legal (IML) comprovoram todas as agressões relatadas pela crianças. "Eles apresentam queimaduras e manchas pretas na região inguinal", diz Myrian


Estupro

Ao relatar a primeira vez que foi estuprado, o menino mais velho lembrava o dia, o mês e ano. A precisão da data chamou a atenção da delegada, que ao questioná-lo descobriu que o violência aconteceu no dia do aniversário de 6 anos do garoto. "A criança lembrava do fato por ter ganhado uma bicicleta, mas não pode andar porque doía muito", disse Myrian.
Na delegacia, a vítima do estupro afirmou que, para ele não gritar, o padrasto tampou a boca dele com uma fita adesiva. Ele também contou que teve sangramento durante o dia inteiro. O abuso sexual teria acontecido por duas vezes.

Agulha

A polícia chegou até o padrasto depois que a mãe levou a criança de 5 anos a um Centro de Assistência Integral à Saúde (Cais), reclamando de dores no joelho. Um exame de radiografia constatou um corpo estranho no local e o menino foi levado para o Hospital das Clínicas (HC) para a retirada do objeto. No HC, antes da cirurgia, a mulher fugiu levando a criança.
Os médicos informaram o Conselho Tutelar, que acionou a Depai. Além da criança de 5 anos, com a agulha no joelho, a delegada decidiu ouvir o menino de 6 e tomou conhecimento do caso. Os garotos disseram que nunca contaram nada à mãe.
Em depoimento, a mãe negou ter conhecimento das agressões, mas Myrian Vidal deve indiciá-la por negligência. "É impossível ela não ter percebido, as marcas são muito fortes. As queimaduras por choque chegaram a inflamar", alega. As crianças estão sob os cuidados de avós.
O padrasto negou os crimes. Em um primeiro momento, segundo a delegada, ele disse se tratar de invenção dos meninos. Confrontado com os exames do IML e Hospital das Clínicas, alegou não saber como as agressões ocorreram. O supeito cumpre prisão preventiva e será indiciado por tortura, com agravante das duas vítimas serem menores de idade, e estupro de vulnerável. Ele está preso na carceragem da Depai.

Fonte/Gabriela Lima Do G1 GO

3 comentários:

  1. pena manda esse vagabundo pro presidio de jatai e coloca ele no fundao da cadeia pra ele ver como e que faz!

    ResponderExcluir
  2. NOSSA SENHORA!!!! ESTE MONSTRO PRECISA SER MORTO AOS POUCOS. ELE FERIU DUAS CRIANÇAS MENORES, QUE NÃO TEM DEFESA NENHUMA.

    ResponderExcluir
  3. Justiça pelo amor Deus dão um castigo merecido nesse vagabundo
    pra fazer isso com crianças inocente,e essa mãe deve ser cumplice
    dele poe ela atras das grades,prefere ficar do lado homem que não
    é sangue dela, que mãe é essa meu Deus. E tirem esses filhos da
    guarda dela por favor.tenho filhos e fico indignada com isso.

    ResponderExcluir

Buscado cada vez mais interatividade com os seus leitores; o “Plantão de Policia JTI” agora disponibiliza duas caixas de comentários, a caixa especifica do site, e também a caixa de comentário do Facebook.

“NÃO MAIS SERÃO ACEITOS OS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS OFENSIVOS A TERCEIROS NO PLANTÃO DE POLICIA JTI “

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers