Conheçam nosso novo site.

Conheçam nosso novo site.
O NOSSO BLOG AGORA VIROU UM PORTAL DE NOTICIAS. ----------------------Aqui ficaram arquivadas as matérias antigas do Blog, se você quiser acompanhar as novas matérias do novo portal “Plantão JTI” clique na imagem acima ou é só acessar o novo site através deste endereço www.plantaojti.com.br

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Mãe é presa suspeita de dar bebida alcoólica para filha com uma seringa

Mulher foi presa em Goiânia; bebê de 1 ano e 5 meses está com a tia.
Ao Conselho Tutelar, ela disse que deu a bebida para que a filha dormisse.

A mãe de uma criança de apenas 1 ano e cinco meses foi presa nesta semana, em Goiânia, suspeita de dar bebida alcoólica para a filha usando uma seringa. Segundo o Conselho Tutelar, a bebê foi encontrada alcoolizada. A menina está há cinco dias na casa de uma tia.

“Resolvemos dar um banho nessa criança e ela chegou a vomitar. No que ela vomitou, sentimos um odor muito forte de bebida alcoólica”, lembra a conselheira tutelar da região norte da capital, Daniela Fernandes.


Ao Conselho, a mãe disse que deu a bebida para a filha em uma seringa para que ela dormisse. A tia da menina, que preferiu não se identificar, contou que a mãe da criança tem problemas com álcool e já chegou a ser internada para tentar se curar do vício, mas abandonou o tratamento.

“Ela ficou nove dias internada e recusou continuar a internação porque ela disse que lá as pessoas estavam misturadas com aquelas que tinham depressão e outros problemas e, por isso, ela não quis ficar”, contou a irmã da suspeita.
 
Consequências

Um adulto que bebe passa por duas fases bem distintas. Primeiro, a agitação e a euforia. Depois, a diminuição de todas as respostas. Os reflexos ficam mais lentos. Em uma criança esses efeitos acontecem bem mais rápido. O dano pode ser irreparável. Doses que são suportadas por adultos podem levar uma criança à morte.
“Os níveis de álcool capazes de provocar danos ao sistema nervoso de uma criança são menores que no adulto. O álcool em excesso pode levar ao coma, à depressão respiratória, seguida do óbito. A chance dela ser um adulto dependente do álcool é muito maior, quanto mais cedo inicia o uso do álcool nessa faixa etária”, explica o pediatra Luiz Fernando Amorim Boaventura.
 

Adaptações/Saulo Prado
Fonte/Do G1 GO

Um comentário:

Buscado cada vez mais interatividade com os seus leitores; o “Plantão de Policia JTI” agora disponibiliza duas caixas de comentários, a caixa especifica do site, e também a caixa de comentário do Facebook.

“NÃO MAIS SERÃO ACEITOS OS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS OFENSIVOS A TERCEIROS NO PLANTÃO DE POLICIA JTI “

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers