Conheçam nosso novo site.

Conheçam nosso novo site.
O NOSSO BLOG AGORA VIROU UM PORTAL DE NOTICIAS. ----------------------Aqui ficaram arquivadas as matérias antigas do Blog, se você quiser acompanhar as novas matérias do novo portal “Plantão JTI” clique na imagem acima ou é só acessar o novo site através deste endereço www.plantaojti.com.br

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Suspeito de praticar canibalismo e matar em GO está preso em MG

Homem de 35 anos está em Presidente Olegário, no Noroeste de Minas.
Assassinato e suposto canibalismo aconteceram em janeiro, diz delegado.

Reconstituição do assassinato.  (Foto: Divulgação/ Delgacia Pires do Rio )
Polícia fez reconstituição do assassinato (Foto:
Divulgação/ Delegacia de Pires do Rio )
Um suspeito de ter assassinado e praticado canibalismo em Pires do Rio, em Goiás, está preso no Presídio de Presidente Olegário, no Noroeste de Minas. Ele foi detido na quarta-feira (16), pela Polícia Militar (PM) de Lagoa Grante, na mesma região. O homem de 35 anos confessou participação no homícido que aconteceu há dois meses na cidade goiana e permanecerá em Minas Gerais até que a justiça dos dois estados decidam pela transferência. Ainda de acordo com a polícia, quatro homens suspeitos de participarem do crime já estavam detidos em Goiás.

A prisão

Segundo o cabo da Polícia Militar, Jocemar Teodoro Lima, a prisão aconteceu depois que o delegado Eduardo Eustáquio, de Pires do Rio, em Goiás, soube que o suspeito estaria refugiado em Lagoa Grande, em Minas Gerais. Em seguida, entrou em contato com a polícia mineira para confirmar a presença do suspeito na cidade. “Ele já havia morado na cidade e voltou recentemente. Ao receber a ordem de prisão os policiais foram até a casa dele onde foi feita a detenção. Ele não resistiu à prisão e confessou que estava presente quando o homem de 33 anos morreu em 11 de janeiro, porém, não esclareceu se participou das suspeitas de canibalismo”, explicou o policial. A PM informou ainda que quando morava na cidade ele teve passagem por tráfico de drogas.

Entenda o caso

O assassinato e o suposto canibalismo é investigado pelo delegado Eduardo Eustáquio, de Pires do Rio, em Goiás. Por telefone ele contou ao G1 como tudo aconteceu. “O crime foi entre os dias 11 e 12 de janeiro e a vítima foi encontrada em um córrego. Testemunhas denunciaram que havia um corpo no local e que os peixes estavam se alimentando da vítima, porém, nós suspeitamos que houve na verdade retirada dos órgãos: fígado e coração”, explicou o delegado.
O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Médico Legal (IML) da cidade, onde segundo o delegado, há confirmação de retirada dos órgãos da vítima. "Trabalhamos a hipótese de os suspeitos terem usado os órgãos para um ritual de magia negra", disse Eduardo.
Ainda segundo ele, o motivo do crime pode ter sido vingança, já que a vítima furtou a casa da ex-mulher do suspeito. “Ele foi morto brutalmente. Na reconstituição do crime estavam a vítima e mais quatro homens usando drogas, enquanto o assassino asfixiou a vítima e os outros não tentaram impedir o crime”, detalhou o delegado.
As investigações sobre o caso continuam e o delegado acredita finalizar quando o suspeito detido em Minas Gerais chegar a Goiás. “Quando ele estiver aqui ficará mais fácil ligar todos os depoimentos. Enquanto isso, os suspeitos permanecerão detidos”, concluiu Eustáquio.

Fonte/Mariaurea Machado  
Do G1 Triângulo Mineiro

0 comentários:

Postar um comentário

Buscado cada vez mais interatividade com os seus leitores; o “Plantão de Policia JTI” agora disponibiliza duas caixas de comentários, a caixa especifica do site, e também a caixa de comentário do Facebook.

“NÃO MAIS SERÃO ACEITOS OS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS OFENSIVOS A TERCEIROS NO PLANTÃO DE POLICIA JTI “

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers