Conheçam nosso novo site.

Conheçam nosso novo site.
O NOSSO BLOG AGORA VIROU UM PORTAL DE NOTICIAS. ----------------------Aqui ficaram arquivadas as matérias antigas do Blog, se você quiser acompanhar as novas matérias do novo portal “Plantão JTI” clique na imagem acima ou é só acessar o novo site através deste endereço www.plantaojti.com.br

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Seis são denunciados por sequestro e assassinato de empresário

Um dos denunciados envolvido no caso foi preso em Portelândia-GO, tentando extorquir a familia pedindo recompensa.

Foto do dia que o corpo do empresário foi encontrado

O Ministério Público denunciou seis pessoas pelo envolvimento no crime do comerciante Sérgio Anselmo da Silva, ocorrido no município de de Alto Taquari, extremo Sulo de Mato Grosso. O empresário foi sequestrado e executado com cinco tiros no dia 29 de julho de 2011 pelo amante de sua esposa, Edvaldo Alves de Oliveira. O corpo foi encontrado em estado de decomposição às margens de um rio a 30 km da cidade, sessenta dias depois de constatado o desaparecimento da vítima.
Além de Edvaldo Alves de Oliveira, foram denunciados também Márcia Noêmia Nunes Dias, Josemar Silva Gomes, Maycon Rogério da Silva, Élvis River de Morais Silva, Cristiano de Souza Cavalcante. Na denuncia, o MPE requer que os acusados sejam condenados pelos crimes de extorsão mediante sequestro com resultado morte, cuja pena varia de 24 a 30 anos de reclusão,e ocultação de cadáver onde a pena é de 1 a 3 anos de prisão.
Segundo o MPE, os assassinos tentaram confundir a polícia e forjar um possível sequestro. Mesmo com a vítima morta, chegaram a ligar para família pedindo resgate no valor de R$ 50 mil sob a alegação de que Sérgio estaria preso em um cativeiro próximo da cidade e com vida.
A polícia foi então comunicada e conseguiu rastrear a origem da ligação, um telefone público localizado na cidade de Portelândia, no estado de Goiás. A partir daí, os agentes montaram campana e conseguiram prender Josemar Silva Gomes e Edvaldo Alves de Oliveira, quando eles chamaram a atenção por utilizar o orelhão usando luvas, em dia de calor.
Com as informações fornecidas por eles, a polícia convocou a esposa de Sérgio, Márcia Noêmia Nunes Dias para prestar esclarecimentos adicionais, tendo ela negado, em um primeiro momento, qualquer envolvimento no sequestro do marido. Depois de presa, a mulher mudou sua versão e resolveu entregar os demais participantes, passando a alegar que Edvaldo queria eliminar seu marido para poder conviver com ela. Noêmia já tinha envolvimento com tráfico de drogas em Mato Grosso do Sul e, no passado, tinha sido também suspeita de tentar envenenar o sogro, colocando veneno no café do pai de Sérgio.
A denúncia foi oferecida pelo promotor de Justiça Marcelo Lucindo Araújo, que atua na Comarca de Alto Taquari.

Fonte/24 Horas News
Adaptações/Saulo Prado
 

0 comentários:

Postar um comentário

Buscado cada vez mais interatividade com os seus leitores; o “Plantão de Policia JTI” agora disponibiliza duas caixas de comentários, a caixa especifica do site, e também a caixa de comentário do Facebook.

“NÃO MAIS SERÃO ACEITOS OS COMENTÁRIOS ANÔNIMOS OFENSIVOS A TERCEIROS NO PLANTÃO DE POLICIA JTI “

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers